terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Festas...

Pintura de Pablo Picasso

"...desta vez, no entanto, eu venho como o vitorioso Dionísio, que transformará o mundo numa festa... Não que eu tenha muito tempo..."
Nietzsche

4 comentários:

  1. Uauuu... o que pinta em luxo e causa impacto no ato que um leitor cogita a intenção do escribar e morre diante desta intenção, pois as palavras são desfeitas na mente por tanta banho de tinta que proporcionas, e opera o não querer perder uma gota se quer deste pincel. Este teu escrito nos comentários é de molhar os lábios e aquecer corpo, alma e espírito.

    Hum... festa! Obaaa... É o grito tão potente que os meus lábios e pulsação são sentidos devido ao ilógico que sobrepõe todo o sistema.

    Paz VASO!

    Priscila Cáliga

    ResponderExcluir
  2. pela postura do moço...festa um tanto quanto desanimada..amigo meu!

    ResponderExcluir

- Chegue diante do quadro sem intenção preconcebida de sarcasmo.

- Olhe para a pintura do mesmo modo como olharia para uma pedra talhada. Aprecie as facetas, a originalidade da formam, a luta com a luz, a disposição da linha e das cores [...]

- Escolher um detalhe que seja a chave do conjunto, fixá-lo por um bom tempo, e o modelo surgirá.

- Nessa última comparação, deixar-se levar até as regiões da mais requintada Alusão.

Max Jacob


Que os vasos se comuniquem!

Related Posts with Thumbnails