terça-feira, 20 de abril de 2010

O jorro imaculado da espontaniedade!

"...No 25º minuto da hora final o fogo alastrou-se em uma plantação de maconha na floresta..., pondo completamente em transe o grupo de bombeiros voluntários que se...
arriscou na tarefa: diante disso, rumaram diretamente para...na Georgia, onde entraram empurrando o carro de bombeiro no meio de risadas e manifestações de júbilo..."
- Fragmento de (A Fábula da Hora Final), escrito por Dan Proppe, presente na Antologia: Geração Beat, Ed. Brasiliense.
- Imagens: Cenas fo filme (Fahrenheit 451), de François Truffaut no ano de 1966.





3 comentários:

  1. Isso aí lembrou meu domingo, sem maconha, mas com fogo na rua, no carro...

    ResponderExcluir
  2. O livro Fahrenheit 451 também é excelente! O filme eu ainda nao vi.

    ResponderExcluir

- Chegue diante do quadro sem intenção preconcebida de sarcasmo.

- Olhe para a pintura do mesmo modo como olharia para uma pedra talhada. Aprecie as facetas, a originalidade da formam, a luta com a luz, a disposição da linha e das cores [...]

- Escolher um detalhe que seja a chave do conjunto, fixá-lo por um bom tempo, e o modelo surgirá.

- Nessa última comparação, deixar-se levar até as regiões da mais requintada Alusão.

Max Jacob


Que os vasos se comuniquem!

Related Posts with Thumbnails