sexta-feira, 23 de abril de 2010

Sempre em frente!


Se vai tentar, siga em frente.
Se não, nem comece.
Isso pode significar perder namoradas, esposas, família, trabalho.
E talvez a cabeça.
Pode significar ficar sem comer por três dias...
Pode significar congelar no banco de um parque.
Pode significar cadeia.
Pode significar caçoadas e desolação.
A desolação é o presente.
O resto é uma prova de vossa paciência.
Do quanto realmente quis fazer.
E farei, apesar do menosprezo.
E será melhor do que qualquer coisa que possa imaginar.
Se for tentar, vá em frente.
Não há outro sentimento como esse.
Ficará sozinho com os deuses.
E as noites serão quentes.
Levará a vida com um sorriso perfeito.
É a única luta que vale a pena.

Poema de Charles Bukowski

11 comentários:

  1. Quem não quer levar a vida com um sorriso perfeito??? Eu quero mto. Belíssimo! Que poeta cru e vivo foi Bukowski, né.

    O que mais gosto dele é isso aqui, que eu queria mto dividir com vc:

    "O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente."

    Fica um gosto amargo na minha boca toda vez que penso nisso. Tenho tentado não amar o que é fácil.

    Beijo carinhoso sempre. =*

    ResponderExcluir
  2. Esse poema é perfeito.

    Talvez já tenha visto, mas deixo o link.

    http://www.youtube.com/watch?v=v0e9qqF5Yhs

    ResponderExcluir
  3. "Ficará sozinho com os deuses.
    E as noites serão quentes."

    Mas os deuses não envelhecem... e as noites quentes trazem rebentos jovens nos dedos...

    Belíssimo poema! Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Não gosto de fazer nada com má vontade. Sempre disse que, se fosse pra fazer mal feito, era melhor nem fazer. Deixar a desejar é pior que não deixar nada.
    Então, quando li isso pela primeira vez, me pareceu muito familiar, como se jpa conhecesse. Hoje não sei já pensava assim, ou se passei a pensar sob influência disso, sinceramente.

    ResponderExcluir
  5. [... ora aqui está mais um tijolo que falta na minha construção... mas também não se pode ter tudo, não é? Seria tédio absoluto, um mundo sem ignorância...]

    um imenso abraço, Juan

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  6. Puxa, obrigada mesmo pelo comentário no meu blog. Visitando seu blog fico até honrada, pois o seu é que é realmente muito bom!
    Abçs, até mais!

    ResponderExcluir
  7. Oi Juan, passei para conhecer seu espaço e lhe agradecer pela amável visita e comentário. Seja sempre bem vindo aos meus cantinhos poéticos. Grata também pelo interesse em acompanhar meu trabalho. Um ótimo domingo e um abraço.

    ResponderExcluir
  8. mucowhiskey

    poema terapêutico este rsrs

    ResponderExcluir
  9. Maravilha de postagem!!!

    Vim aqui conhecer seu blog e agradecer-lhe a visita e comentário postado no meu.

    Gostei muito do que por aqui vi. Te sigo.

    Voltarei, com certeza!

    PS: Já ia me esquecendo.

    Tenho um poema sobre Bukowski no meu blog "Labirintos da Alma".
    Chama-se "Lembrando Bukowski".

    Se quiser lê-lo, será um prazer.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir

- Chegue diante do quadro sem intenção preconcebida de sarcasmo.

- Olhe para a pintura do mesmo modo como olharia para uma pedra talhada. Aprecie as facetas, a originalidade da formam, a luta com a luz, a disposição da linha e das cores [...]

- Escolher um detalhe que seja a chave do conjunto, fixá-lo por um bom tempo, e o modelo surgirá.

- Nessa última comparação, deixar-se levar até as regiões da mais requintada Alusão.

Max Jacob


Que os vasos se comuniquem!

Related Posts with Thumbnails